Mesmo em guerra contra a Apple, executivo da Nokia destaca iPhone em nota para empregados

CEO da Nokia, Stephen Elop

Às vésperas do lançamento de uma nova estratégia de atuação no mercado móvel, a Nokia está numa situação delicada. Ela pode não estar necessariamente mal das pernas, mas com certeza faz um bom tempo desde que um dos seus produtos exerceu grande influência no mercado. A tensão causada por isso dentro da empresa é tão preocupante que o seu novo CEO, Stephen Elop, fez questão de mencioná-la em uma suposta nota para empregados, obtida pelo Engadget.

CEO da Nokia, Stephen Elop

Uma das citações mais importantes da carta refere-se justamente ao iPhone, não surpreendentemente. “Foi lançado em 2007 e até agora não temos nada que se equipare à sua experiência”, teria dito Elop na mensagem. Citando ainda outros concorrentes, ele deixa claro que várias empresas têm aquecido mais o mercado móvel do que a Nokia, algo bem além do que seria esperado de uma fabricante que atende às mais variadas necessidades globais.

De todas as empresas mencionadas por Elop, a Apple é considerada a que mais abalou o mercado de smartphones desde a sua chegada, há quatro anos — não é à toa que a briga judicial contra ela deverá se arrastar ainda por um bom tempo. O CEO da Nokia não mencionou nenhuma ação a ser tomada, mas provavelmente saberemos mais em breve, já que a empresa possui um evento marcado para o próximo dia 11.

Posts relacionados

Comentários