Curta-metragem “Do Not Disconnect” é bem legal, mas não serve para acusar Motorola de plágio

Do Not Disconnect

Seu domingão tá devagar? Pois separe sete minutos para ver este curta-metragem de Mike Sarrow feito em 2009 e intitulado Do Not Disconnect. Ele é bem “cabeça” e não tem diálogos, mas passa uma mensagem muito legal e não carece de momentos climáticos.

Preste atenção ao som, no final — é genial.

Show de bola, mas Sarrow está criando um pouco de caso: ele publicou este vídeo no YouTube e conversou com a CNET News para levantar uma acusação de plágio contra a Motorola e a agência responsável pelo comercial Empower the People, veiculado no intervalo do último Super Bowl.

Há similaridades, claro, mas, apesar de os dois filmes girarem em torno de pessoas desligadas da realidade por causa de fones de ouvido brancos, há muitas diferenças marcantes entre uma execução e outra. Por exemplo, no comercial do XOOM, o “revolucionário” não é um zumbi que se liberta, o mundo é estéril como em 1984 e não normal como no filme de Sarrow, além de a padronização das roupas ser um fator importante na composição do clima.

“Acho que o conceito poderia ter sido recriado por coincidência, mas a similaridade do final é gritante”, admitiu Sarrow. Coincidência? Certamente. Plágio? Eu não diria tanto, afinal de contas tudo é um remix: no máximo, pode ter havido alguma inspiração. E você, o que acha? Deixe sua opinião nos comentários! 😉

[via Electronista]

Posts relacionados

Comentários