Domestique seus aplicativos usando o App Tamer

Ícone do App Tamer

Mesmo com todas as otimizações de performance, o Mac OS X às vezes peca por permitir que certos aplicativos consumam recursos preciosos mesmo quando estão em segundo plano — tanto é que o iOS, cuja infraestrutura é a mesma, procura evitar multitarefa “verdadeiro” usando APIs especiais. Bem, se você estiver sofrendo um pouco com aplicativos rebeldes que consomem ciclos de CPU indevidamente no seu Mac, talvez seja a hora de dar uma chance a alguém que os domestique: o App Tamer, da St. Clair Software, por exemplo.

App Tamer

Além de ter uma função de Monitor de Atividade (Activity Monitor) turbinado, o App Tamer usa e abusa de um relho virtual para manter na linha os aplicativos que você apontar. O que acontece é o seguinte: quando você coloca um app sob o jugo do App Tamer, sempre que dito aplicativo estiver em segundo plano ele será “parado”.

Pro Mac OS X, vai ser como se o app travasse (tanto que vai aparecer “Not Responding”, no Dock e no Monitor de Atividade; daí, é importante nunca colocar o Finder ou outros aplicativos do sistema nessa lista), mas na verdade ele estará apenas esperando comportadinho por seu sinal: basta colocá-lo em primeiro plano para a vida voltar a seus pixels e ele retornar à atividade plena em coisa de instantes.

Ícone do App TamerO App Tamer custa US$15 e requer o Mac OS X 10.5 ou superior em processadores PowerPC ou Intel. É possível testar o app por 15 dias sem compromisso, se você não quiser bater o martelo logo de cara — uma boa forma de ver se este pequeno investimento pode ajudar a adiar uma compra de RAM ou substituição de HDD por SSD.

[via MacStories]

Posts relacionados

Comentários