Readability vira mais uma vítima das regras de assinaturas na iOS App Store

Readability no iPad

E mais uma empresa começou a criticar a Apple por causa do seu sistema de assinaturas para o iOS: depois de Last.fm e Rhapsody, os criadores do Readability publicaram uma carta aberta destinada à Maçã após terem seu app rejeitado na loja por causa de In App Purchases. O aplicativo, criado em parceria com Marco Arment (desenvolvedor do Instapaper), permitiria usar sua atual assinatura no serviço para a leitura de artigos de sites e blogs afiliados sem anúncios, já que boa parte das receitas iria para os criadores de conteúdo.

Publicidade

Readability no iPad

Contudo, a Apple quer que uma opção de assinatura no serviço esteja disponível no Readability para iOS como In App Purchase, o que interferiria muito na divisão de lucros do aplicativo, que já reverte 70% da arrecadação para seus parceiros. Devido ao novo sistema da App Store, anunciado após o programa ser enviado para aprovação, não será mais possível oferecer o serviço aos seus usuários do iOS na forma de um software nativo.

A opinião geral com relação ao tema pode ser variada, mas o fato é que os criadores do Readability não esperavam ser rejeitados por manterem um serviço online baseado em assinaturas, já que o sistema da Apple visa facilitar primariamente a oferta de conteúdos. O problema é que os desenvolvedores tinham uma opinião positiva sobre a App Store e sua dona (afinal de contas, a mesma tecnologia do Readability é usada no Safari Reader, e seus criadores acreditavam que a Maçã apoiaria a leitura sem distrações no iOS da mesma forma), mas isso infelizmente parece ter mudado.

Publicidade

[via TechCrunch]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…