Estudo indica que esvaziamento seguro do Lixo (Trash) em Macs é menos eficaz com SSDs

Não é segredo para muita gente que o Mac OS X é capaz de executar um esvaziamento seguro do Lixo (Trash) do Finder, de forma que, se o usuário quiser se livrar do conteúdo dele dificultando sua posterior recuperação com algum software capaz de buscar arquivos excluídos, é possível fazer isso tranquilamente. O sistema operacional desktop da Apple pode sobrescrever o que está dentro do Lixo com arquivos sem informação nenhuma antes da exclusão e, assim, (tentar) proteger o que está lá dentro de uma tentativa de recuperação.

Publicidade

Por anos, ninguém impôs nenhum questionamento sobre isso, mas pesquisadores da Universidade de San Diego (Estados Unidos) apresentaram na semana passada uma extensa pesquisa sobre o tema, indicando que o recurso integrado ao Finder não funciona em SSDs com a mesma eficácia constatada em HDs. Ao contrário destes, que associam um local físico do disco permanentemente com blocos lógicos (sobrescritos magneticamente com maior garantia), sistemas de armazenamento de estado sólido podem reordenar a forma como os arquivos são guardados no espaço livre via firmware, mudando-os dos endereços lógicos originais.

Isso é feito pela flash translation layer (FTL), que torna uma memória magnética capaz de ser lida pelo sistema operacional como um disco de armazenamento e até beneficia a consistência do que está guardado nela. Mas quando o sistema operacional envia um comando para apagar um arquivo com segurança, ele fará isso sobrescrevendo apenas os endereços lógicos onde ele foi originalmente guardado, deixando em média 60% das informações sujeitas a serem recuperadas após um esvaziamento seguro do Lixo do Mac OS X.

A constatação pode ser feita em múltiplos sistemas operacionais e em drives formatados com diferentes sistemas de arquivos, mas é difícil saber se o problema é causado pela infraestrutura de gerenciamento de arquivos do SO ou pela forma como memórias flash guardam informações. Talvez seja uma combinação de ambos, de forma que há muito a ser pesquisado pela Apple neste tema para garantir uma maior segurança pros dados dos usuários.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…