QuarkXPress 9 oferecerá exportação de projetos editoriais para aparelhos eletrônicos

Screenshot do QuarkXPress 9

A Quark anunciou nesta semana uma edição totalmente nova do seu principal produto, o QuarkXPress, aplicativo de design gráfico e editoração eletrônica que está no mercado há mais de 25 anos e é o principal concorrente do Adobe InDesign. Um dos destaques da nova versão 9 é o App Studio, um recurso que permite o controle e a publicação dos projetos criados no aplicativo em diversos aparelhos eletrônicos, sem a necessidade de nenhuma experiência técnica.

Screenshot do QuarkXPress 9

Por meio do App Studio, impressos podem ganhar maior interatividade com áudio, vídeo, apresentações de fotos, áreas que podem ser manipuladas por gestos, interação com serviços online e muito mais. Embora ele seja um dos destaques, a Quark não o integrará diretamente ao novo QuarkXPress, mas ele estará disponível gratuitamente para ele em julho deste ano e a empresa gerenciará um sistema de exportação para tablets e outros leitores — que inclusive será capaz até de configurar um app para iPad do zero visando à publicação de jornais, revistas e livros interativos na iOS App Store.

Entre as demais novidades para os usuários, merecem destaque o novo Story Editor (para manipulação de textos em documentos no estilo de um processador convencional, à la Pages), um novo assistente para o design de formas geométricas complexas, melhorias na formatação de listas ordenadas e não-ordenadas, e compatibilidade com o Microsoft Word. Em conjunto de outros novos recursos, elas proporcionam um ambiente de criação mais produtivo cuja principal prioridade, apesar do foco do mercado em distribuição digital, ainda é dar maior riqueza para impressos comuns.

O QuarkXPress 9 estará à venda em abril por US$800, mas os usuários que adquirirem a atual versão 8 antes do seu lançamento poderão migrar para o novo aplicativo gratuitamente. Ele será compatível apenas com máquinas Intel, rodando o Mac OS X 10.5.8 ou superior.

[via Macworld]

Posts relacionados

Comentários