Analistas não se decidem se produção do iPad 2 está bem ou se vai atrasar; estoques minguam

Seria este o iPad 2?

Ah, os analistas e seus palpites… De um lado, conforme conta o Fortune Tech, a Goldman Sachs emitiu hoje uma nota avisando que a produção do iPad 2 enfrenta problemas na fabricação de touchscreens ultrafinas, o que pode resultar em baixos estoques iniciais do produto.

Publicidade

Mockup do iPad 2

Segundo a firma de análise, a nova tablet da Apple deverá contar com uma câmera frontal para FaceTime (o carro-chefe da publicidade), um novo processador com mais capacidade gráfica, conexão GSM e CDMA, as mesmas capacidades de hoje e preços 10% menores — se bem que, com o custo das tablets Android por aí, essa última parte é completamente opcional. Caso dê a louca na Maçã, porém, o corte de preços pode ser até maior que isso, conforme pondera o The Street.

Do outro lado, conforme conta a Barron’s, a FBR Capital anunciou que a produção do iPad 2 vai de vento em popa, com todos os “gargalos-chave” resolvidos e podendo chegar a uma produção de 2 milhões de unidades da nova geração só no primeiro trimestre do ano (5,5 milhões no total). O segundo trimestre deverá ver 7,2 milhões de unidades vendidas, quase todas de iPads 2.

Publicidade

Em quem acreditar? Desempatemos com a seguinte informação: o 9 to 5 Mac apurou que o iPad está se esgotando em várias redes de varejo. Simplesmente os gadgets não estão mais sendo repostos, o que indica que, uma vez que as prateleiras sejam esvaziadas, não haverá mais iPads no mercado — o que pode acontecer tão logo quanto amanhã… convenientemente. Como já ouvimos histórias de que o iPad 2 estará imediatamente disponível para compra nesta quarta-feira, acredito que a Goldman Sachs perdeu de 3 contra 1. 😛

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…