Chipset Z68 da Intel vai trazer SSD caching para desktops — saiba por que isso é interessante

Chipset Intel Z68

Chipset Intel Z68Apesar de os rumores sobre MacBooks Pro com combinações de SSD e HDD não terem se concretizado, o casamento dessas duas tecnologias continua sendo um sonho com o melhor de dois mundos: a velocidade das memórias de estado sólido com o preço dos discos magnéticos.

A Intel pretende realizá-lo, segundo o Hardmac.com, através do chipset Z68, que deverá trazer para desktops recursos avançados como maior precisão para overclock, suporte a hardware gráfico discreto e a implementação de SSD caching.

Este último recurso é o que soa mais saboroso: através de um controlador especial, o chipset conseguiria fazer com que um drive de estado sólido e um disco rígido comum fossem reconhecidos como um volume único, no qual dados frequentemente acessados pelo usuário ficariam no SSD, permitindo assim os ganhos de velocidade impressionantes que tornaram essa tecnologia famosa.

Os chipsets Z68 deverão chegar ao mercado em maio, o que pode eliminar a possibilidade de vermos algo do tipo implementado em iMacs/Macs Pro — ou, já que Intel e Apple andam melhores amigas para sempre, os novos desktops da Maçã poderiam chegar justamente com estes chipsets e soluções híbridas de armazenamento. Não custa sonhar.

[via MacRumors]

Posts relacionados

Comentários