Apple pode ter feito acordo com a TSMC para a produção do processador A5

Processador Apple A5

Em fevereiro, já desconfiávamos de que eventualmente a Apple lançaria algum aparelho neste ano com o processador A5, mesmo sem ele ser conhecido oficialmente na época. Agora começa a correr o boato de que a Maçã teria dado um pé na Samsung e migrado a fabricação dos seus chips para a TSMC, já que a turma de Steve Jobs possui apenas o potencial necessário para desenvolver semicondutores em laboratório, sem produzi-los em larga escala.

Processador Apple A5

Duas razões podem ter sido fundamentais para a mudança. Primeiro, a Samsung pode estar dando mais prioridade para os seus aparelhos com Android (entre eles, o smartphone Nexus S, do Google) e não estaria sendo mais tão favorável para a Apple, depois de quase quatro anos de parceria na área. Hoje, a coreana possui em seu catálogo de eletrônicos o processador Hummingbird, que ,apesar de não ser tão eficiente quanto o atual A4, é bastante similar.

Além disso, a Apple pode ter conseguido com a TSMC a oportunidade de migrar para processos de fabricação mais avançados que os da Samsung, com o A5 sendo produzido já a 40 nanômetros (contra 45 do A4). O EETimes afirma que os pesquisadores da Apple estão bem adiante da indústria no trabalho com novas tecnologias e estariam planejando com a nova parceira um system on a chip de 28 nanômetros inédito, que seria o produto até hoje mais avançado usando arquitetura ARM.

Estima-se que o A5 já seja um concorrente à altura do Tegra 2, da NVIDIA, embora isso ainda não fique claro por causa de potenciais diferenças em desempenho gráfico (ambos, no entanto, podem gerar imagens em HD 1080p). De qualquer maneira, a Apple quer garantir superioridade em eficiência energética, pois, mesmo contando com um processador muito mais potente, o iPad 2 continua com a autonomia de bateria do modelo anterior, só que em dimensões muito menores.

Posts relacionados

Comentários