Por dentro do A5: fabricado pela Samsung, bem maior que o A4, mais caro que o Tegra 2

Visão geral do A5 - TechInsight

O pessoal da TechInsights se apoderou de um iPad 2 e foi mais longe do que qualquer um de nós armado com uma chave de fenda jamais sonharia: usando microscopia e um coração de pedra para sacrificar uma tablet pelo bem da ciência, eles revelaram os segredos mais íntimos do A5.

Visão geral do A5 - TechInsight

Vamos lá: o novo processador é um bocado maior que a geração anterior (12,1×10,1mm contra 7,3mmx7,3mm), e é US$10 mais caro que o chip Tegra 2 (usado no XOOM), custando US$25. Aliás, por falar em custos de fabricação, os do iPad 2 de 32GB com Wi-Fi+3G, estima-se, ficariam em torno de US$270, enquanto os da tablet da Motorola são de US$288. Deve ser por causa das câmeras — se bem que a Apple, com sua economia de escala, pode muito bem ter baixado o preço do A5 por tê-lo encomendado aos milhões (afinal de contas, nem só em iPads ele viverá).

A análise microscópica, porém, é a parte mais interessante: pelas marcações no chip e a arquitetura de 45nm, as chances de ele ter sido fabricado pela Samsung são altíssimas, o que contraria em parte o rumor de que a Apple teria se aliado à TSMC. Não se sabe ao certo, porém, se ambas não seriam fornecedoras do chip. Isso não seria de todo estranho: por exemplo, foram traçadas duas origens para a DRAM LPDDR2 usada no A5, a Samsung e a Elpidia.

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários