Warren Buffett explica por que não investe na AAPL: ele não consegue prever o futuro da Maçã

Warren Buffett e Apple

Vou começar este post de uma forma diferente — pedindo para você deixar um comentário respondendo à seguinte pergunta: “Como estará a Apple daqui a cinco ou dez anos?” Imagine a situação financeira dela, seu portfólio de produtos e posicionamento geral no mercado e dê sua opinião — mas cuidado: lembre que há pouco mais de dez anos ela não passava de uma fabricante de computadores, há cinco ela vivia de tocadores de música e hoje ela é uma das maiores fabricantes de gadgets móveis do mundo.

Warren Buffett e Apple

Preparei esse desafio para tentar fazer você se sentir na posição de Warren Buffett, o terceiro homem mais rico do globo. Ele investe muito pouco na NASDAQ:AAPL, apesar de ela ter um desempenho invejável na Bolsa de Valores. O motivo? Buffett simplesmente não consegue enxergar o destino da Maçã. “É muito fácil para mim chegar a uma conclusão quanto a como [a Coca-Cola] estará economicamente em cinco ou dez anos, mas não é fácil tirar uma conclusão quanto à Apple”, disse o magnata.

Talvez Buffett esteja certo em não se arriscar muito investindo em uma empresa de uma área que ele não domina e onde, de repente, tudo pode mudar drasticamente. Mas uma coisa fica clara com essa declaração dele: é difícil prever o futuro de uma companhia que não corre atrás da bola, mas sim em direção aonde a bola estará.

[via Cult of Mac]

Posts relacionados

Comentários