Até iPads 2 de papel, para ofertar aos ancestrais durante o festival Qingming, estão esgotando

Momento cultural: durante o festival Qingming (清明节; lê-se “Qīngmíng jié”), na China, as pessoas adquirem efígies de itens de luxo para queimar e, assim, ofertá-los a seus ancestrais, que poderão desfrutar desses bens no outro mundo.

Por incrível que soe, iPads 2 de papel (e com 888GB, detalhe, um numeral auspicioso) estão fazendo tanto sucesso neste ano que esgotaram, conforme conta a Reuters. Cerca de 300 unidades da tablet de mentira foram produzidas e simplesmente voaram das prateleiras, custando apenas US$1 — agora só é possível adquirir a primeira geração (como o modelo da imagem acima) ou então Galaxy Tabs da Samsung.

Eu só me pergunto se é mesmo boa ideia mandar um iPad 2 para um parente já falecido: vai que ele consegue fazer o FaceTime funcionar e resolve ficar ligando o tempo todo! #MEDO Por via das dúvidas, é melhor mandar mesmo um modelo antigo — os 888GB devem compensar a falta de câmeras. 😛

[via Cult of Mac]

Posts relacionados

Comentários