Pandora, Apple e Google teriam sido intimados a depor em investigação sobre privacidade

Pandora coletando e distribuindo informações pessoais

Pandora coletando e distribuindo informações pessoaisComo parte de suas obrigações para poder realizar sua oferta pública inicial, a Pandora liberou hoje uma informação bem preocupante: ela foi intimada a depor perante um júri federal numa investigação sobre brechas de privacidade em aplicativos móveis para iOS e Android. A responsável pela rádio online não foi a única, nem de longe, pois intimações similares teriam sido distribuídas entre vários desenvolvedores de apps e, segundo o Wall Street Journal, Apple e Google teriam sido chamados a prestar esclarecimentos sobre a situação.

O cerne da investigação seria apurar se desenvolvedores teriam violado uma lei federal que previne fraudes eletrônicas, podendo evoluir para acusações criminais ou uma ação coletiva. Felizmente para os envolvidos, tudo pode acabar com um acordo mediante o pagamento de multas e o compromisso de não reincidir em condutas indevidas.

No final do ano passado, o WSJ divulgou um relatório mostrando os tipos de informações coletadas por vários apps populares nas plataformas móveis do Google e da Apple, o que acabou resultando na abertura de processos contra a Maçã e vários desenvolvedores. Nesta investigação em particular, porém, por enquanto ninguém está sendo acusado de nada. Por enquanto.

[via 9 to 5 Mac]

Posts relacionados

Comentários