Depois de lançar app para iOS, Senado distribui iPhones 4 e chips 3G de iPads para parlamentares [atualizado]

Ícone - Senado Federal

Ícone - Senado FederalPoucos dias após lançar um aplicativo oficial para iOS, o primeiro-secretário da Casa, senador Cícero Lucena (PSDB-PB), anunciou hoje que parlamentares receberão iPhones 4 e chips 3G para iPads, além de, num futuro breve, automóveis Toyota Corolla Se-G.

De acordo com uma matéria publicada pelo Correio Braziliense, a maioria dos senadores ainda estaria com iPhones 3GS e, assim — coitadinhos! —, não seriam capazes de rodar o novo aplicativo. Não sabemos dizer se essa justificativa pífia veio mesmo do Senado ou foi mal-interpretada pelo Correio, porque o app não requer iPhones 4, e sim o sistema operacional iOS 4 — o qual roda perfeitamente em iPhones 3GS.

Embora os smartphones em si sejam distribuídos, no caso do iPad apenas os chips de acesso móvel serão colocados ao dispor dos parlamentares. Ainda assim, o custo total do contrato é estimado em R$867 mil anuais.

Quem paga o pato…?

[dica do Roberto Lima]

Atualização (às 12h09)

Um leitor do MM que trabalha no Senado e diz estar por dentro dessas negociações confirmou a nossa suspeita: a aquisição dos iPhones 4 nada tem a ver com a possibilidade de uso do aplicativo do Senado Federal.

Além disso, ele afirma que todos os celulares/smartphones utilizados no Senado são fornecidos por operadoras em regime de comodato. Desta maneira, todos eles são posteriormente devolvidos e podem ainda ser trocados em casos de defeitos, roubos e afins.

Por fim, a nossa fonte esclarece que chips e modems 3G já eram fornecidos aos parlamentares há mais tempo. Desta maneira, não é surpreendente que eles também possam ser usados em iPads com Wi-Fi+3G — apenas é necessária a aquisição de um Micro-SIM, mais compacto.

O valor do investimento anual supracitado cobre todas as despesas relacionadas com aparelhos telefônicos, incluindo minutagem, pacotes de dados, troca de mensagens, suporte de operadoras, etc.

Posts relacionados

Comentários