Dica de leitura: criar apps para iOS com uma barra de abas é fácil, mas requer alguns cuidados

Barra de Abas do iOS

O conceito de barra de abas explodiu em uso com a popularização dos apps para iOS, tanto para iPhones/iPods touch quanto para iPads, logo em seguida. Elas representam um ótimo meio de estruturar as áreas importantes de qualquer programa para a plataforma móvel da Apple, de forma que desenvolvedores as exploram de diferentes formas e estilos, de acordo com suas necessidades.

Barra de Abas do iOS

Contudo, independentemente do que você for fazer com este tipo de controle, existem alguns cuidados a serem tomados. Há plenos detalhes sobre o uso de barras de abas nas diretrizes de interface humana da Apple, mas o designer Petter Silfver escreveu um artigo mais enxuto com boas dicas de uso, que cobrem o essencial na criação de uma boa experiência com abas em aplicativos.

Algumas recomendações são bem óbvias: como todo bom designer faz em outros trabalhos, dedicar um tempo para gerar uma boa apresentação é o ponto chave, então muito deve ser investido no visual dos ícones e na definição das abas, tornando fácil para o usuário compreender em qual delas está cada recurso que ele procurar. Além disso, deve-se tomar cuidado ao personalizar a aparência delas com controles diferentes demais da norma, bem como evitar o acesso direto a elas por meio de outras áreas do seu programa.

Enfim, há outras dicas que designers e desenvolvedores podem seguir para transformar a navegação por abas em um aspecto importante para os usuários se situarem em seus programas, então vale a pena conferir o artigo completo de Silfver. Além disso, profissionais na criação de aplicativos para iOS também pode encontrar mais informações sobre design de interfaces nos artigos da nossa colaboradora Larissa Herbst.

Posts relacionados

Comentários