Popularidade do iPad poderá culminar na venda de até 45 milhões de unidades em 2011

iPad 2 branco com Smart Cover bege

Novas descobertas feitas pela Ticonderoga Securities ao consultar fabricantes de componentes eletrônicos na Ásia indicam que a Apple poderá vender até 45 milhões de iPads neste ano, apesar dos contratempos no atendimento à demanda, conforme conta o AppleInsider. Anteriormente, as previsões da empresa de investimentos indicavam que a Maçã não passaria de 30,9 milhões, mas a popularização do aparelho e a dificuldade para consegui-lo no mundo todo apontam que as vendas deverão ultrapassar bastante essa marca.

Publicidade

iPad 2 branco com Smart Cover bege

Outras estimativas menos otimistas de alguns investidores sugerem que a Apple venderá entre 28 e 30 milhões de unidades, mas os números podem crescer graças à forte demanda. Conforme a produção acelerar, a procura deverá continuar alta por um bom tempo, especialmente com o lançamento da tablet em mais países.

No entanto, Gene Munster, da Piper Jaffray, acredita que mercados como o Japão e outros afetados pelos desastres na Ásia influenciarão negativamente as vendas do iPad 2 e até futuros lançamentos da Apple, diminuindo as estimativas de arrecadação da empresa. Há esperanças de esses países serem beneficiados no futuro, mas investidores não devem se animar com isso.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…