Roger McNamee acredita que estamos no começo do fim da era Windows e que “a Apple está matando a WWW”

Roger McNamee

O clube “A Apple está matando a web” acaba de ganhar mais um membro: agora o investidor Roger McNamee vai fazer companhia a Tim Berners-Lee e Jim Balsillie, na turma que acusa a Maçã de ser o flagelo da internet.

Vídeo em Flash, pois a CNBC não sabe pensar diferente.

Como bem destacou o SAI, McNamee afirmou categoricamente durante uma entrevista para a CNBC que “a Apple está simplesmente matando a World Wide Web” por causa da ascensão do modelo de apps — aqueles, nativos, que os desenvolvedores e usuários praticamente a obrigaram a adotar, em detrimento de web apps. Por outro lado, a WWW está mudando e evoluindo graças à pressão de padrões como o HTML5, que enriquecerão o conteúdo.

Quem vai se sair mal nessa história, para McNamee, é o Google, que poderá perder acesso a ferramentas de indexação dessa nova WWW. Isso sem falar que ninguém lucra com o Android e ele seria tão inseguro na visão do investidor que “um garoto de 16 anos do bloco oriental pode apertar um botão e apagar o disco rígido de todo mundo”.

E a Microsoft, no meio de tamanha confusão? Sua galinha dos ovos de ouro, o Windows, estaria se tornando “irrelevante” — prova disso é que, pela primeira vez na história, menos de 50% dos aparelhos conectados à internet rodam o sistema operacional da gigante de Redmond. A esperança para a Microsoft seria ordenhar o Exchange. Suas parceiras na construção de hardware para PCs, como a Dell e a Intel, por outro lado, estariam com a espada sobre suas cabeças.

No mundo novo surgido daí, a Apple teria potencial para se tornar a maior fabricante de hardware que já existiu, podendo deter 60% do mercado de tablets com o iPad, quase uma reprise do que ocorreu com o iPod. Ouvir isso vindo de quem previu que em 2009 todos os donos de iPhones iam abandoná-los quando os contratos com a AT&T expirassem é, no mínimo, bizarro.

Será que desta vez ele acerta? 😛

[via 9 to 5 Mac]

Posts relacionados

Comentários