Político norte-americano admite ter iPad, mas critica Apple por “eliminar” empregos nos EUA

Não sei vocês, mas eu achei a declaração abaixo, do representante político Jesse Jackson Jr., de uma contradição ímpar.

Resumidamente, Jackson afirma ter comprado um iPad recentemente para *depois* pensar no quanto ele seria supostamente prejudicial para a economia norte-americana — relata o site RealClearPolitics.

Embora cite o iPad como um excelente avanço tecnológico e algo que traz inúmeros benefícios para seus usuários, o político acredita que a disponibilidade de conteúdos digitais — principalmente revistas, jornais, livros e materiais escolares — eliminará inúmeros empregos nos Estados Unidos, sem falar que o próprio fato de a Apple fabricar seus produtos na China também seria inadmissível para uma empresa estadunidense.

Quer uma ironia ainda maior? Há pouco mais de um mês, ainda em março, o próprio Jackson apoiou uma emenda constitucional a fim de garantir que todos os estudantes nos Estados Unidos tenham direito/acesso a um iPad, Kindle ou nook — citando ainda que esses aparelhos “mudarão fundamentalmente a forma como educamos as nossas crianças”. O que será que mudou, de lá pra cá?

Ah, sim: Sr. Jackson, você já jogou o seu iPad no lixo?

[via MacDailyNews]

Posts relacionados

Comentários

Deixe uma resposta