Dito e feito: Seagate fatura divisão de HDDs da Samsung por US$1,375 bilhão

Logo da Seagate

Após o surgimento dos rumores de que a Seagate compraria a divisão de HDDs da Samsung, as duas empresas anunciaram oficialmente os termos do acordo que pretendem firmar no segmento de soluções de armazenamento. Ainda sujeito a revisão por órgãos reguladores dos Estados Unidos, ele prevê uma concessão de todas as instalações de produção de discos rígidos para os norte-americanos, o que custará à Seagate US$1,375 bilhão.

Logo da Seagate

Em troca, a Samsung receberá os HDDs que precisar na produção dos seus notebooks, dentro dos preços vigentes. Desta forma, o acordo beneficia ambos os lados: os coreanos poderão se focar no desenvolvimento de soluções NAND flash para manter a concorrência com a Toshiba, enquanto a Seagate usará o mercado asiático para segurar as rédeas da Western Digital, fortalecida com a compra da Hitachi.

A Samsung também se tornará uma das maiores acionistas únicas da Seagate, recebendo 9,6% das ações da companhia como parte do valor pago pela venda da sua indústria de discos rígidos. Embora exista a necessidade de uma revisão do acordo pelo governo norte-americano, os termos firmados pelas duas empresas entrarão em vigor até o final deste ano.

Posts relacionados

Comentários