Pesquisadores descobrem arquivo de registro de localização no iOS que pode comprometer sua privacidade

Ícone do Google Maps no iPhone

Você consegue se lembrar de todos os lugares por onde passou com seus iGadgets usando aplicativos como o Maps? Talvez não veja a necessidade de ter esse controle, mas o seu aparelho tem: dois pesquisadores de segurança descobriram um arquivo de registro do iOS que pode ser acessado em qualquer Mac ou PC com Windows, revelando a longitude e latitude de cada lugar por onde o sistema capturou sua posição geográfica.

Estima-se que o registro dessas informações tenha sido iniciado pela Apple com o iOS 4, quando ela passou a usar seu próprio banco de dados global para identificar a localização de usuários. Por cada lugar onde passou desde o update para o atual sistema operacional, o seu aparelho registrou as coordenadas em ordem cronológica, e acessar essas informações em um arquivo livre num computador compromete seriamente a privacidade das pessoas.

Os pesquisadores que descobriram o arquivo foram capazes de interpretá-lo, capturar informações e inseri-las em um aplicativo open source capaz de gerar um mapa contendo todos os locais frequentados por qualquer dono de iPad, iPhone ou iPod touch. Você pode baixá-lo e seguir as instruções para encontrar o arquivo por conta própria, de forma a gerar um histórico dos lugares onde esteve.

Não se sabe o porquê de a Apple estar registrando esses dados — pode ser que eles venham a ter algum uso futuro —, mas a forma como eles estão sendo armazenados é preocupante. Se um ladrão conseguir ter acesso a um aparelho da empresa e fizer jailbreak, o arquivo de registro poderá ser facilmente obtido, da mesma forma que é possível obtê-lo em qualquer computador onde o gadget seja sincronizado. Os registros não são protegidos por criptografia (a não ser que o backup do iTunes seja encriptado) e podem ser usados para fins mal-intencionados.

[via The Guardian]

Posts relacionados

Comentários