CFO da Verizon deixa “escapar” que próximo iPhone será global, isto é, híbrido GSM/CDMA

Chip baseband da Qualcomm

Desde o ano passado corre o rumor de que o iPhone 5 poderá ser híbrido GSM/CDMA, funcionando tanto nas redes da AT&T quanto da Verizon Wireless nos Estados Unidos, por exemplo. A própria versão CDMA atual do aparelho já conta com uma baseband da Qualcomm capaz disso [foto da iFixit abaixo], mas evidentemente a Apple não explorou a possibilidade e nem oferece um slot para SIM card no iPhone 4 da Verizon.

Chip baseband da Qualcomm

Se formos levar em consideração um “descuido” do CFO da Verizon, Fran Shammo, o próximo iPhone será mesmo global. O executivo deixou a informação “escapar” hoje de manhã, durante uma conferência para a divulgação dos resultados financeiros da sua operadora.

O grande problema de a Apple trabalhar com cada vez mais parceiras é a dificuldade que ela tem e sempre terá de controlar esse tipo de “vazamento”, visto que não é toda empresa que segue um modus operandi de manter todo e qualquer tipo de lançamento em segredo até a sua keynote oficial.

Um iPhone 5 híbrido realmente faz muito sentido, até para reduzir os custos de produção do aparelho — afinal, seria uma única linha de montagem para todos. O iPad também deverá seguir esse rumo em sua próxima geração, imagino eu. Para brasileiros, porém, isso tudo não é lá muito importante: todas as nossas grandes telecoms já operam hoje no padrão GSM.

[via Barron’s]

Posts relacionados

Comentários