Patenteie para travar: novos sistemas de iluminação em telas, cabos resistentes e mais

Patente de sistema de iluminação com LEDs

Em uma de suas últimas patentes, a Apple procura melhorar a exibição de cores em telas LCD iluminadas marginalmente por LEDs. Quando usado, este sistema de iluminação pode distorcer a percepção cromática, variando de mais amarelado a mais azulado, de acordo com a distância percorrida pela luz.

Patente de sistema de iluminação com LEDs

A solução da Apple empregaria “guias de luz” e “áreas de extração de luminosidade” para absorver e redirecionar a luz branca emitida pelos LEDs, de forma a fazê-la ficar mais uniforme em toda a extensão do display. Este invento poderia ser aplicado a qualquer produto da Maçã, de iPods a iMacs.

· · ·

Os fantasmas dos MagSafes passados de vez em quando voltam pra atormentar a Apple [1, 2, 3], mas se depender desta patente eles ficarão para trás: este invento descreve um sistema de proteção contra incêndios para cabos elétricos.

Patente de sistema de proteção para cabos

Basicamente, é descrita a instalação de uma simples aba de proteção no ponto em que o cabo se encontra com o conector, de forma a reduzir o estresse mecânico sobre a estrutura, evitando que ela se rompa e inicie um curto-circuito capaz de resultar em chamas.

· · ·

Outra patente descreve um sistema de adição de uma régua de orientação às imagens capturadas por um aparelho eletrônico. Basicamente seria uma aplicação básica de realidade aumentada na qual o usuário vê uma bússola sobre a tela.

Patente de bússola e realidade aumentada

Esta pode ser uma evolução do atual app Bússola (Compass), presente desde o iPhone 3GS, na qual o gadget mostraria a tradicional agulha quando estivesse na horizontal e então mudaria para um sistema de realidade aumenta quando posto na vertical. Desta forma, um usuário poderia apontar a câmera para um prédio ou marco na paisagem e ver exatamente sua direção relativa aos pontos cardeais.

· · ·

Sistemas para gadgets próximos entre si poderem se reconhecer e trocar informações são dos mais variados. O Bump, por exemplo, cruza informações de localização com o acelerômetro. Uma patente da Apple planeja fazer algo mais complexo ainda e usar os campos magnéticos dos aparelhos.

Patente de identificação de gadgets usando bússola

O invento é até inteligente: por consumir menos recursos que sistemas de comunicação sem fio (Wi-Fi ou Bluetooth), uma bússola eletrônica pode localizar e iniciar o contato entre os gadgets de forma mais eficiente, só então acionando as antenas para trocar informações. Alternativamente, também poderiam ser usados tons supersônicos.

É como dizem por aí: nem só de RFID e NFC viverão os gadgets…

· · ·

Por fim, a Apple registrou recentemente na Europa uma das novidades presentes no Mac OS X 10.7 Lion: a marca “Mission Control” agora pertence à Maçã. Curiosamente, uma outra marca foi registrada, esta nos Estados Unidos: “Startup”. Ela foi colocada nas categorias internacionais 035, 037, 041 e 042, que cobrem serviços de varejo, educação, assistência técnica, software de computadores e consultoria, entre outras coisas. Será que o Joint Venture vai ganhar um irmãozinho?

[via AppleInsider, Patently Apple: 1, 2, 3]

Posts relacionados

Comentários