Em entrevista, Michael Dell afirma que “não notou a chegada das tablets”

Michael Dell

Depois de uma longa jornada no mercado de computadores no comando de uma gigante de tecnologia batizada com seu próprio sobrenome, Michael Dell admitiu ao Wall Street Journal que ainda acha motivos para se surpreender com o que o mercado é capaz de transformar em sucesso. Prova disso é o próprio iPad, a primeira tablet que realmente estourou ao redor do mundo.

Dell afirmou que não esperava que as tablets fossem crescer de forma tão rápida um dia. “Eu não as notei chegando”, disse ele, ao lembrar que esse não é um segmento totalmente novo. “Obviamente, produtos mais recentes se tornaram mais bem-sucedidos”, conta.

Para o futuro, assim como o iPhone foi ultrapassado pelo Android, Dell acredita que o iPad também será. Para ele “não será amanhã, nem depois de amanhã”, mas todos que falavam do sistema operacional do Google com ceticismo no passado morderam a língua: a estratégia de distribuição de aparelhos baseados nele aparenta ser a mais eficiente para alcance global, de forma que o mercado de tablets certamente irá se beneficiar disso.

Posts relacionados

Comentários