Qual seria o “serviço de direções aprimorado” que a Apple está preparando para o Maps do iOS?

Maps no iOS

Analisando mais a fundo o que os engenheiros da Apple escreveram em seu comunicado sobre o “Locationgate”, reparamos que, no meio das explicações sobre a polêmica, a empresa acabou tendo sido “forçada” a anunciar uma futura novidade do iOS, algo que não é comum de acontecer. Um serviço de direções aprimorado para usuários deverá ser lançado nos próximos anos, com base em dados anônimos de tráfego coletados a partir dos gadgets multi-touch da Maçã.

Há muito tempo já se fala em melhorias para o Maps no iOS, mais precisamente desde a compra da Placebase pela Apple, quando foram levantadas as primeiras dúvidas sobre uma atualização para o aplicativo com base em tecnologias independentes do acordo entre a Maçã e o Google. A iniciativa teria como objetivo dispensar o uso dos dados da gigante de buscas em iGadgets, já que as duas empresas se enfrentam hoje em muitos segmentos.

Atualmente, a Apple já usa um banco de dados próprio com informações de torres celulares e hotspots Wi-Fi para o seu serviço de localização. Por meio de vagas de emprego publicadas nos últimos anos e da compra de uma segunda companhia de mapas (a Poly9) no ano passado, acreditava-se que ela estivesse trabalhando em um novo app dedicado a oferecer mapas independentemente do Google.

O AppleInsider sugere que o novo sistema de direções em desenvolvimento pela Apple seja baseado em uma patente descoberta em 2009 nesta área, descrevendo um sistema de navegação diferenciado baseado em dados de tráfego. É forte a possibilidade de que a novidade a ser lançada pela empresa seja baseada nessas premissas, mas, com base no que foi alegado hoje por ela, não dá pra ter certeza se já veremos o projeto se concretizando no iOS 5, previsto para este ano.

Posts relacionados

Comentários