Gartner: o tempo passa, o tempo voa, e o preço de SSDs vai caindo numa boa!

Flash SSD de 32GB dos MacBooks Air

Flash SSD de 32GB dos MacBooks AirEm posse dos resultados de um estudo conduzido no final de abril, a Gartner traçou uma estimativa de que os preços dos SSDs (Solid State Drives, ou drives de estado sólido) deverão cair 30% ao longo de 2011 e mais 36% em 2012.

Com isso, no ano que vem o custo final desses drives deverá chegar ao nível ideal de menos de US$1 por gigabyte, o que será suficiente para atender às necessidades dos consumidores. Essa queda nos preços se deve à produção crescente de memória NAND flash para atender o mercado de gadgets como smartphones e tablets.

O uso de SSDs em computadores tradicionais se mostra bastante vantajoso, por conta da velocidade bem maior deles em relação a HDDs tradicionais. Quando falamos de notebooks, a diferença é mais relevante ainda, pois os drives de estado sólido permitem a construção de máquinas mais compactas e que consomem menos energia — como a última geração dos MacBooks Air.

Contudo, até agora o preço era o grande impeditivo no uso de SSDs, tanto que em 2010 eles não representaram nem 8% do total de bits produzidos em memórias NAND. Até 2012, porém, isso deverá mudar, com a participação deles dobrando para 15,9%.

[via Macworld]

P.S.: Quanto ao título, é que eu sou velho.

Posts relacionados

Comentários