MOPHO DJ mostra como é possível fazer scratching meio físico, meio digital, com um iPod touch e sem vinil

Uma coisa é um software de DJ totalmente digital. Neste caso, como vocês podem ver, o programa MOPHO DJ rodando no MacBook Pro é apenas uma interface que se comunica com outro aplicativo de controle rodando nos iPods touch — mas a forma como isso é realizado é o que mais impressiona.

O projeto é de Nicholas J. Bryan, pesquisador de computação e de música/acústica na Universidade de Stanford. Nos iGadgets, ele colocou para rodar um aplicativo que mostra as ondas de áudio em suas telas e detecta a movimentação do disco de plástico a partir do seu acelerômetro/giroscópio.

As informações são então passadas para o laptop via Bluetooth, que cuida da reprodução do som. Isso descarta, portanto, a necessidade de sistemas de vitrola (turntable) com codificação de tempo — o scratching passa a ser, assim, meio físico, meio digital.

Muito, muito interessante! 😉

[via SlashGear]

Posts relacionados

Comentários