Seguindo os passos de Epic Citadel, Castlerama leva você em um passeio de tirar o fôlego

Ícone do Castlerama

“Quando eu era criança pequena, lá em Barbacena”, demonstrações técnicas eram quase como lendas: desenvolvedores criavam esse tipo de conteúdo para videogames novos e o apresentavam para a mídia, executivos e em feiras, mas meros mortais só podiam imaginar coisas como a cena do baile da SeeD em Final Fantasy VIII texturizada em tempo real (esse foi um dos primeiros demos do PlayStation 2, se bem me lembro).

Avancemos o tempo para 2010: o Epic Citadel, uma demonstração técnica revelada durante um evento, foi posto ao alcance dos usuários no mesmo dia. O próximo passo? Desenvolvedores menos badalados que a Epic Games fazerem a mesma coisa, eliminando intermediários entre si e os usuários.

Foi isso o que fez a Codenrama, ao lançar Castlerama:

Ícone do CastleramaAssim como o Epic Citadel, ele não é exatamente um jogo: ele existe apenas para demonstrar a Unreal Engine em ação, num ambiente de tirar o fôlego, com texturas de alta resolução e luz super-realista.

Só que o mais legal deste app é saber que ele é apenas uma versão “capada” do que é possível fazer num iPad 2 ou iPhone 4, pois foi criado para ser compatível com iPads, iPhones 3GS e iPods touch 3G, explorando ao máximo a capacidade destes gadgets (aliás, a ponto de ser pesado o bastante para travar, caso haja outros apps rodando, um sinal claro de gargalo na memória).

O que isso significa? Que os gráficos no vídeo acima são apenas o começo! No futuro, a Codenrama estuda a possibilidade de fazer duas versões de games, uma para gadgets com 512MB de RAM e outra para os com 256MB.

Caso você mesmo queira experimentar o Castlerama, ele está disponível gratuitamente na App Store [244MB; requer o iOS 3.1.3 ou superior]. Imagino os games que vão sair daí… 🙂

[via Touch Arcade]

Posts relacionados

Comentários