Maratonista é desclassificada por usar iPod, mas recorre e tem seu prêmio de volta

Mulher correndo com iPod

Esta é uma daquelas histórias de “tenho uma notícia boa e uma ruim”: a corredora Kelly McClure participou de um evento no domingo passado só pela emoção proporcionada pelo esporte, mas conseguiu chegar na 5ª posição, o que lhe renderia um prêmio de US$500; contudo, ela foi desclassificada por usar um iPod durante a competição.

Publicidade

Mulher correndo com iPod

Isso não vem exatamente como uma surpresa, já que uma regra publicada pela USA Track & Field em 2007 proibia o uso de quaisquer aparelhos eletrônicos durante competições (algo que já comentamos aqui no site, inclusive). Contudo, dita regra fora suspensa em 2009, deixando a cargo de cada evento decidir quanto à legalidade ou não de tocadores de música e afins. Felizmente para McClure, o diretor da corrida na qual ela conquistou o prêmio decidiu a seu favor e manteve sua recompensa.

Música pode ter efeitos muito positivos sobre o ânimo de um atleta, mas seria algo determinante o suficiente para ser encarado como uma espécie de dopping eletrônico? O que você acha? Deixe sua opinião nos comentários! 😉

Publicidade

[via Cult of Mac]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…