Fato ou ficção? Todos os Macs na Apple são obrigados a ter um antivírus

Malware de Mac OS X

O tal Mac Defender (ou Mac Protector, ou Mac Security — assim como o Diabo, ele tem muitos nomes) continua dando o que falar. Depois de ser descoberto pela Intego (duas vezes), o malware que se disfarça de antivírus teria gerado um tantinho de caos nas centrais de atendimento do AppleCare, o que trouxe à tona uma orientação interna de que os atendentes são proibidos de orientar a remoção de software malicioso, por mais simples que seja a tarefa — e, no caso do Mac Defender, é tão trivial que o Cult of Mac ensina com um vídeo de menos de cinco minutos.

Para jogar mais lenha na fogueira, o Ars Technica fez uma extensa investigação sobre o caso e ouviu a seguinte declaração de um Genius anônimo:

Isto sempre desencadeia debates no [Genius Bar] quanto à necessidade ou não de antivírus no Mac. Isso é complicado, já que a loja vende muitos produtos do tipo, o que transparece um apoio implícito da Apple a essa ideia, mas, como muitos clientes destacam, o pessoal das vendas não se acanha na hora de defender a segurança do Mac OS X. Internamente, o departamento de TI da Apple obriga o uso do Norton Antivirus em máquinas da companhia.

Seria o fim dos tempos, a Apple obrigando seus funcionários a usar antivírus? Deve ter gente por aí querendo cortar os pulsos, com uma revelação dessas, mas antes de esperarmos pelo fim dos tempos (o Macopalipse?), façamos um pequeno reality check: a Maçã nunca disse que Macs são invulneráveis a malware. Eles são 100% impérvios a malware escrito pra Windows, mas um Trojan feito pro OS X podem fazer tanto mal quanto qualquer executável perverso no sistema operacional da Microsoft.

Essa análise não reduz o abalo provocado por saber que ordens superiores rezam que todos os Macs da Apple devem carregar um Norton dentro de si? Ok, então veja o que John Gruber, do Daring Fireball, diz (ênfase dele): “Isso pode ser verdade para as máquinas da Apple rodando o Windows, mas não é verdade para máquinas rodando quaisquer versões do Mac OS X.”

O blogueiro foi além e perguntou entre seus conhecidos que trabalham como engenheiros de software em Cupertino se eles eram obrigados a usar antivírus no Mac OS X. Não só todos negaram isso, como um ainda complementou dizendo que “você não me faria instalar o Norton no OS X nem se me desse um ‘Boa Noite, Cinderela'”.

Oh, e o Ars atualizou a matéria original, adicionando que essa declaração do Genius anônimo “pode não ser 100% precisa”. No caso, ou seria uma política que varia de loja para loja, ou então… Adivinha! Uma regra antiga para máquinas com o Boot Camp ativo. Parece que tudo não passou de um pouquinho de histeria. :-/

Pois bem, depois do alarde todo, que esta história sirva de alerta: até agora, não existem casos generalizados de malware invadindo Macs sem que o usuário antes o autorize expressamente com uma senha de administrador. Prestar atenção ao que entra na sua pasta de downloads pode ser bem mais produtivo do que caçar algum antivírus suspeito em cantos obscuros da internet.

Se você não conseguir dormir sem ter alguma ferramenta do tipo, procure na Mac App Store — a própria Intego tem duas por lá, uma gratuita e uma por US$10.

Ah, e quanto aos vídeos da campanha Get a Mac ilustrando este post… bem, é sexta-feira, então achei que valia a pena relembrar algo leve e engraçado. 😉

Posts relacionados

Comentários