Intel explica interesse da Apple na marca Thunderbolt: “Ela só nos ajudou a obtê-la”

Ícone - Thunderbolt

A confusão iniciada ontem com os direitos sobre a marca “Thunderbolt” gerou muita discussão, já que foi a Apple quem deu entrada nos pedidos de registro, e não a Intel, criadora da tecnologia. No entanto, um representante da fabricante de chips disse ao Bright Sight Of News que os procedimentos legais tomados pela Maçã foram apenas parte da colaboração entre as duas companhias.

Publicidade

Logo - Thunderbolt

“Eles fizeram os primeiros registros”, disse Dave Salvator, gerente sênior de comunicações da Intel, referindo-se aos advogados da Apple nos Estados Unidos e no Canadá. A marca deverá ser totalmente transferida para a Chipzilla assim que os procedimentos legais tomados pela Maçã forem concluídos.

Contudo, a Intel já tem total controle sobre o uso do nome para referir-se à sua avançada tecnologia de conexão de periféricos. “Temos todos os direitos da marca Thunderbolt agora e no futuro. O nome será usado de agora em diante em todas as plataformas, independentemente do sistema operacional”, disse Salvator.

Publicidade

O gerente também esclareceu que a Intel está trabalhando em um cabo Thunderbolt de fibra óptica, o qual foi o modelo planejado para uso final quando a tecnologia foi proposta sob o nome Light Peak. “Ele será capaz de transferir energia e dados no mesmo cabo, mas planos exatos de produtos ainda deverão ser anunciados”, concluiu Salvator.

[via MacStories]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…