Mais Apple Store 2.0: mensagem comemorativa e bastidores das mudanças [atualizado]

Mensagem da Apple Store 2.0

Já conhecemos um pouco das novidades introduzidas com a Apple Store 2.0, e elas estão apenas começando. Uma pequena mensagem da Apple para seus funcionários e colaboradores traduz o espírito por trás desta mudança e faz referência aos dez anos da rede de lojas da Maçã:

Mensagem da Apple Store 2.0

O que teve de tão especial ontem?

Ao longo dos últimos 3.652 ontens, fizemos algumas coisas incríveis.
Abrimos 325 lojas. Em 11 países. Somando mais de 195.000 metros quadrados.
E, mais importante, recebemos mais de 1 bilhão de clientes.

Nossos 10 anos de história são algo pra nos orgulharmos.
Mas, ao mesmo tempo, é tudo tão… bem, ontem.

Então vamos falar de amanhã. Esse é um dia com o qual podemos trabalhar.
É um dia para lançar produtos novos como só a Apple pode.
Um dia para construir novas lojas que sejam ainda mais icônicas.
E criar projetos inovadores para ajudar pessoas
a abraçarem tecnologia como nunca antes.
É um dia para fazermos coisas com as quais ninguém nem mesmo sonha ainda.

Não nos contentaremos em repousar sobre nossos ontens.
Vamos continuar nos movendo pra frente.
Tiraremos o máximo proveito do amanhã.
E de todos os dias que vierem depois.

· · ·

Caso você esteja curioso para saber de mais detalhes sobre como funcionam os novos iPads usados nas mesas de demonstração de produtos, aqui está um vídeo mostrando a base de acrílico na qual eles ficam alojados.

Precisa saber de ainda mais coisas? Bem, aqui vai uma avalanche de informações:

  • O nome do app rodando nestes iPads do mostruário é Smart Sign, e uma das funções dele é ignorar o botão Home nos gadgets. A única forma de sair desse aplicativo é reiniciando o iPad.
  • As informações mostradas pelo Smart Sign não são armazenadas localmente, mas sim puxadas de um servidor: na hora que a Apple quiser alterar algo, ela pode fazer isso em todas as suas lojas automaticamente — e sem precisar imprimir uma folha de papel sequer.
  • Não é apenas no Smart Sign que esses gadgets diferem do usual, porém: eles seriam um modelo à parte, com número próprio e tudo, além de serem dotados de medidas de segurança extras (como enviar sua localização via Wi-Fi constantemente, caso sejam removidos da loja).
  • Os iPads são alimentados por uma fita especial que se liga ao conector de 30 pinos deles e fica praticamente invisível na base de acrílico; se ela for desconectada, aciona um alarme.
  • Estará a Apple usando as câmeras e o microfone destes gadgets para observar seus funcionários e consumidores? Ninguém sabe ao certo ainda, mas é provável que isso ainda dê o que falar.

E mais duas coisas curiosas:

  • Os antigos televisores Pioneer das lojas foram substituídos por displays novos da Sony. Um felizardo empregado em cada loja ficou com a difícil tarefa de adotar as TVs antigas.
  • O app oficial da Apple Store será atualizado amanhã no mundo todo, tornando-se universal (para iGadgets de todos os tamanhos) e ganhando a possibilidade de comprar modelos de Macs BTO (Built To Order, sob encomenda), conforme previsto.

Uma pergunta vai ficar para os analistas de plantão: quanto isso terá custado para a Apple?

[via 9 to 5 Mac: 1, 2]

Atualização (às 23h55)

No final das contas há, sim, uma forma de acessar a Home Screen desses iPads:

O procedimento requer alguns gestos multi-touch especiais sobre a tela, já que o botão Home fica inabilitado. Apenas os gerentes das lojas (e o pessoal do 9 to 5 Mac) sabem como fazer isso, aparentemente.

Um leitor do MacRumors também achou uma unidade desbloqueada e identificou o ícone “Enroll iPad”:

Enroll iPad

Ao que tudo indica, ele abre um favorito especial no Safari que requer login/senha. Todos os dados contidos nos iPads de mostruário são puxados de uma rede central, ou seja, é muito prático e rápido para a Apple fazer qualquer tipo de atualização.

Posts relacionados

Comentários