Samsung vai precisar abrir o quimono para a justiça e apresentar gadgets ainda não lançados

Interface do Samsung Galaxy S2

Interface do Samsung Galaxy S2A briga da Apple contra a Samsung acaba de ter mais um round favorável à gigante de Cupertino: a juíza Lucy Koh determinou que a Sammy tem 30 dias para apresentar embalagens, encartes e amostras de cinco gadgets ainda não lançados no mercado. Os modelos em questão são as tablets Galaxy Tab 8.9 e Galaxy Tab 10.1, e os smartphones Galaxy S2 [interface ao lado], Infuse 4G e Droid Charge.

Tal medida servirá para determinar se é pertinente a inclusão de mais estes produtos no processo de violação de propriedade intelectual que a Maçã abriu contra a coreana.

A Samsung, claro, protestou contra o fato de ser obrigada a fornecer amostras de aparelhos que ainda não estão à venda, mas a juíza avaliou que tal preocupação não vem ao caso, pois imagens desses produtos já foram divulgadas publicamente e, no caso do do Galaxy Tab 10.1, milhares de unidades já chegaram a ser distribuídas durante uma keynote no último Google I/O, em 10 de maio.

Adicionalmente, para piorar ainda mais, a Apple apresentou o caso da mudança radical de design do Galaxy Tab em reação ao anúncio do iPad 2, como uma evidência de que haveria “bases razoáveis” para crer que o hardware da Samsung estava sendo projetado para deliberadamente copiar o da Maçã.

Não que seja preciso um especialista para averiguar o óbvio.

[via Electronista | imagem: Engadget]

Posts relacionados

Comentários