Homem inocente é confundido com ladrão e espancado por causa do Find My iPhone

Ícone do Find My iPhone

Não cansamos de relatar aqui no site casos de roubos de iGadgets que têm um final feliz graças ao app Find My iPhone [por exemplo: 1, 2, 3]. Contudo, uma história que se passou em Nova Jersey, nos Estados Unidos, deve servir de alerta aos aspirantes a justiceiro que costumam perder a cabeça: o MyCentralJersey.com conta o caso de Brent Johnson, um homem de 27 anos que foi espancado simplesmente por estar no lugar errado, na hora errada.

Find My iPhone no Mac, iPhone e iPad

Carl Ippolito, de 52 anos, teve seu iPhone roubado em um estacionamento, mas conseguiu, com o auxílio do gadget de seu filho, usar o Find My iPhone para rastrear a posição do aparelho. Coincidentemente, Johnson estava passando exatamente pelo local apontado enquanto falava em seu próprio iPhone. Abordado por Ippolito, o jovem obviamente não sabia nada sobre roubo nenhum e reagiu às acusações, dizendo-se dono do aparelho. Resultado: Johnson foi atirado ao chão e recebeu vários socos.

Como é que o Direito ensina? “Todos são inocentes, até que se prove o contrário.” A atitude já seria errada o bastante se Johnson fosse o ladrão; sendo ele inocente, a coisa ficou muito complicada para o lado de Ippolito. No fim das contas, o homem acabou sem iPhone e ainda foi acusado de agressão corporal.

Moral da história: por mais raiva que você esteja sentindo diante de um fato infeliz como o roubo de um iPhone, não perca a cabeça; chame a polícia para ajudar na abordagem e, acima de tudo, não tente fazer justiça com as próprias mãos. #fikdik

[via RazorianFly]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…