Analistas fazem mais previsões sobre a WWDC com pré-anúncio do iCloud

A iniciativa tomada pela Apple ao anunciar o iCloud antes da Worldwide Developers Conference 2011 levou analistas a rever previsões para o evento, já que muitos esperavam por uma abertura apática sem o lançamento de um novo iPhone. Mike Abramsky, da RBC Capital Markets, acredita que o novo serviço da Apple será mais do que um local no qual usuários poderão armazenar arquivos, o que chamará bastante a atenção dos donos do smartphone da Maçã e usuários de PCs.

Abramsky está otimista com o sucesso do serviço, pois a Apple tem muitas vantagens a explorar: acordos com gravadoras e o apoio de milhões de usuários de iProducts com contas na iTunes Store seriam alguns exemplos. Com sua estratégia na nuvem, a gigante de Cupertino pode adaptar o mundo a uma nova geração de software e serviços com iniciativas sensatas para tentar contornar problemas como pirataria.

Desenvolvedores também serão beneficiados pelo iCloud com APIs públicas, visando ao desenvolvimento de apps para iOS e Mac OS X que se conectem ao serviço. No que diz respeito ao sistema móvel, Abramsky espera ainda por novidades para usuários finais nas áreas de streaming, compartilhamento e melhorias em reconhecimento e tradução de voz.

Por sua vez, Shaw Wu, da Sterne Agee, espera que o iCloud expanda as funcionalidades do iTunes, tornando qualquer aparelho capaz de acessar bibliotecas de músicas e vídeos na nuvem. Outros anúncios menores, como lançamento de novos Macs, completam sua pauta esperada para a abertura da WWDC, além das já confirmadas apresentações de sistemas operacionais.

Para Alex Guana, da JMP Securities, as demonstrações do Lion e do iOS 5 terão foco em recursos conectados aos novos serviços online que a Maçã pretende introduzir. Segundo ele, tais anúncios serão muito mais revolucionários do que um iPhone de quinta geração.

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários