Apple estaria firmando últimos acordos para o iCloud nesta semana

Logo da Apple na nuvem

Agora que já sabemos que os serviços da Apple na nuvem se chamarão iCloud (e poderão até incluir filmes e séries), o Wall Street Journal trouxe ontem alguns detalhes adicionais sobre o mais novo projeto da Maçã.

Logo da Apple na nuvem

A principal informação é de que, depois de firmar acordos com o Warner Music Group, a Sony Music e a EMI, as assinaturas finais com a quarta última grande gravadora musical — o Universal Music Group, da Vivendi SA — deverão sair ainda nesta semana.

O WSJ corrobora também boatos de que o iCloud permitirá que o usuário espelhe a sua biblioteca musical na nuvem, sem a necessidade de re-enviar arquivos já existentes nos acervos online das gravadoras. Assim, pagando uma taxa mensal, a pessoa teria acesso até mesmo a arquivos de maior qualidade pelo seu Mac/PC, iPad, iPhone ou iPod, independentemente de onde estiver.

Só esses benefícios já tendem a colocar a Apple bastante à frente das duas maiores concorrentes que se adiantaram no lançamento de serviços similares: a Amazon.com (com o Cloud Player) e o Google (com o Music Beta). Por falar nisso, a Billboard.biz também trouxe ontem uma série de detalhes sobre esses acordos de licenciamento com gravadoras — aos interessados, vale dar uma lida.

Posts relacionados

Comentários

Deixe uma resposta