Rumores citam iCloud gratuito e Mac OS X Lion com preço “agressivo”

iTunes ou iCloud?

Fontes ligadas ao AppleInsider revelaram que a Apple preparou uma estratégia agressiva de preços para a oferta dos seus novos serviços online e produtos de software, prestes a serem lançados como parte dos eventos da Worldwide Developers Conference 2011. Além da disponibilidade gratuita do iOS 5, o site acredita que o iCloud, novo serviço online da Maçã, foi construído pra oferecer de graça uma parte dos recursos prometidos.

iTunes ou iCloud?

Não se sabe, no entanto, o que deverá compor o pacote gratuito do iCloud — e, o mais importante, o que a Apple pretende cobrar pela versão completa. Atualmente, o MobileMe oferece serviços básicos de comunicação, armazenamento de dados e compartilhamento multimídia que custam US$100 ao ano, preço considerado salgado por muitas pessoas.

Espera-se, contudo, que o iCloud substitua o MobileMe como um produto mais acessível. É provavel que os recursos de comunicação do serviço sejam gratuitos, mas uma das coisas que o AppleInsider aponta como potencial fonte de renda para a Maçã é o streaming multimídia, que provavelmente será compatível com diversos aparelhos e terá uma parte dos lucros destinada às gravadoras, sendo uma extensão do iTunes.

Outra fonte alega ainda que o Mac OS X Lion também terá um preço agressivo, aparentemente similar ao que a Apple cobrou pelo Snow Leopard. O último sistema da Maçã para Macs foi lançado a um preço unitário de US$30 por trazer pouco em relação ao Leopard, mas ela deverá seguir com a tendência para motivar mais clientes a abraçar os novos recursos conectados à nuvem e, obviamente, à App Store.

Falando na loja, já sabemos que ela será uma das fontes de distribuição do novo sistema, o qual pela primeira vez dispensará a necessidade de DVDs para instalação.

Posts relacionados

Comentários