Para analista, Apple não tem planos de implementar NFC em dispositivos móveis

Mockup de iPhone 5

Com o iCloud, a Apple conseguirá alcançar ou até superar o Google na conquista de usuários querendo ouvir músicas via streaming na internet. Por outro lado, ainda há áreas nas quais a gigante de buscas apresenta uma enorme vantagem sobre a Maçã — a mais importante delas, no momento, sendo pagamentos através de smartphones.

Mockup de iPhone 5

Para alguns, a possibilidade de pagar quaisquer despesas é vista como a próxima grande função do smartphone moderno, capaz de entrar profundamente no dia-a-dia das pessoas, de forma que o Google merece reconhecimento por ter se aventurado a torná-la viável em um produto que aparenta ser ideal para a atual geração de usuário conectados. Não é à toa que Eric Schmidt, presidente da gigante de buscas, falou sobre a novidade com entusiasmo para o Wall Street Journal.

Uma das esperança de Schmidt é de que a Apple seja uma das empresas a adotar NFC (Near Field Communication) no iPhone, de forma que seus usuários também se conectem às possibilidades de pagar usando o celular. Porém, segundo o AppleInsider, isso não deverá ocorrer por enquanto: contatos feitos pelo analista Brian White (da Ticonderoga Securities) com uma fabricante de hardware NFC na Ásia não trouxeram à tona nenhum indicativo de comprometimento da Maçã com a tecnologia.

Cerca de 80% do mercado, no entanto, tem planos para lançar gadgets com suporte ao sistema de pagamentos propostos pelo Google e outros baseados na mesma tecnologia. Entre as empresas destacadas por White, estão Nokia e Research In Motion (RIM).

White acredita que um iPhone 5 virá em setembro, mas o modelo não deverá contar com suporte a NFC. Apesar de a companhia já ter revelado planos para a tecnologia em patentes, ela não aparenta ter um concorrente à altura do Google Wallet pronto para dar força ao seu uso — e não pensa em usá-lo como base.

Posts relacionados

Comentários