Será que o iBooks algum dia vai ganhar uma versão para Macs?

Mockup de ícone do iBooks no Mac OS X

Mockup de ícone do iBooks no Mac OS XNão sei quanto a você, mas eu passo várias horas por dia olhando para telas: seja no MacBook ou na TV, fico hipnotizado pelos milhões de pixels se mexendo (quase como naquele episódio do XKCD). Por conta disso, eu não me incomodo nem um pouco de ler em LCDs e adorei quando a Apple lançou o iBooks, mas eu teria ficado mais feliz ainda se houvesse uma versão para Mac OS X. (O ícone ao lado, por sinal, é um belo mockup que o leitor Paulo Tramarin criou — bem legal!)

Só que, apesar de eu querer, o iBooks dificilmente vai chegar aos computadores da Maçã.

O iTunes é ciumento

Você já teve uma namorada possessiva e psicótica? Ela seria quase como a GLaDOS o iTunes, que não deixa você fazer nada fora das vistas dele. Quer música? O iTunes cuida. Quer filmes, séries, áudiolivros? O iTunes cuida. Quer ebooks? O iTunes cuida. Quer transferir um arquivo do Pages pro seu Mac? O iTunes cuida.

É quase um milagre não haver uma seção de fotos no iTunes! Pense nisso. 😉

Daí, é difícil imaginar que um app independente para cuidar de iBooks no desktop possa virar realidade. Até porque ele precisaria de uma versão para Windows, né? Acho difícil… se bem que a Apple poderia criar uma divisão para ebooks dentro do iTunes e torná-lo ainda mais inchado e pesado do que já é, com uma interface mais zoada.

Ok, não parece uma boa ideia.

As editoras iam cobrar mais

Quando você compra um CD, você acha que pode converter uma faixa dele e usar como toque no seu celular? Nada disso! Pra começar, o conteúdo do CD nem mesmo pode ser copiado, que dirá convertido. Um toque de celular conta como exibição pública, então tem licença diferente de uma exibição privada. Resultado: os preços de ringtones, que saem pela hora da morte.

Você acha que as editoras de livros são diferentes? Eu me pergunto o quanto a Apple não precisou negociar para conseguir vender livros eletrônicos (com DRM até os tubos, claro) que possam ser lidos apenas em iPads, iPhones e iPods touch. Adicionar Macs à lista de aparelhos compatíveis certamente custaria uma baba adicional.

Como se o tanto que cobram por ebooks já não fosse o bastante.

Que lê no computador?

Este não é um argumento meu, mas sim que ouço demais por aí. Posso ser uma aberração, afinal de contas eu passo o dia trabalhando no computador (e meu trabalho, não sei se notou, é basicamente ler e escrever)… e realmente não me incomodo. Quando estou de folga, eu continuo lendo no computador. Ou então vou jogar algo como Dead Space, que varia um pouco o conteúdo, mas como eu ponho legendas para acompanhar as falas direitinho, acaba que continuo lendo… não no computador, mas ainda num LCD.

Que mal haveria em ler mais um tanto? Eu não vejo problema, mas muita gente vê — gente que passa o dia lendo atualizações do Orkut/Facebook num computador, mas… enfim.

· · ·

E você, se incomoda muito de ler num LCD? (Leve em conta que é isso o que você está fazendo agora!) Você acha que o iBooks poderia ser uma surpresa guardada na juba do Lion? Deixe sua opinião nos comentários! 😉

Posts relacionados

Comentários