Sucesso do iFund após três anos é incontestável, preparando-se para a marca de 300 milhões de downloads em 2011

Em comemoração ao terceiro aniversário do iFund, a Kleiner Perkins Caufield & Byers liberou uma série de números relativos ao sucesso da iniciativa de financiamento para desenvolvedores de apps para iOS. Criado em 2008, logo após a liberação do primeiro SDK para o iPhone, o iFund começou com US$100 milhões, tendo dobrado de tamanho pouco antes da chegada do iPad.

Estado atual do iFund

Atualmente, em seu terceiro ano, o iFund já apoiou 25 empresas, 7 delas ainda em modo stealth, funcionando na surdina, e 2 que já foram adquiridas por gigantes (ngmoco:) e Pelago). Juntas, essas empresas deverão acumular 300 milhões de apps baixados/vendidos e US$250 milhões em receitas só em 2011.

E a família iFund continua crescendo, com a adição da Worksmart Labs, uma empresa focada em tecnologias de fitness para melhorar a experiência de quem pratica exercícios físicos. Por enquanto, a Worksmart produz apps apenas para Android e já acumulou mais de 6 milhões de downloads, mas isso poderá mudar para melhor em breve, especialmente agora que a desenvolvedora conta com este investimento adicional.

[via TechCrunch]

Posts relacionados

Comentários