Juíza nega ordem da Apple contra o uso da marca “App Store” pela Amazon.com

Amazon Appstore

A Apple ainda não perdeu esse processo contra a Amazon.com, mas ao menos uma coisa ela já não conseguiu: uma ordem contra o uso da marca “App Store” por parte de sua concorrente.

Amazon Appstore

Na noite desta quarta-feira, a juíza federal Phyllis Hamilton, de Oakland (Califórnia), afirmou que o termo não é tão genérico quanto a Amazon alega, mas disse que a Apple não estabeleceu uma “probabilidade de confusão” com os serviços da sua concorrente para conseguir essa injunção judicial.

O caso prossegue como está, portanto. Sua data de julgamento está marcada para outubro de 2012 — ou seja, se é que há alguma possibilidade de a Apple ganhar a briga, ela terá muito a ser prejudicada daqui até lá.

[via Reuters]

Posts relacionados

Comentários