Donos de iGadgets deverão baixar 61% mais apps em 2011, pagando 14% a mais por eles

Receita da App Store - Piper Jaffray

Gene Munster, da Piper Jaffray, não vê na App Store uma boa fonte de receita direta: ele calcula que apenas 1% do que a companhia arrecada seja proveniente da sua loja de aplicativos. Por outro lado, ela serviria para incentivar a aquisição de hardware com gordas margens de lucro, e tudo indica que este papel está sendo muito bem cumprido.

Receita da App Store - Piper Jaffray

O analista estima que a média de downloads por usuários deverá subir 61% em 2011, ficando em 83 apps ao longo deste ano (ou 32,3 milhões por dia, no total), contra 51 em 2010. E não apenas a quantidade de aplicativos baixados será maior, como também o preço médio pago por eles, que deverá ser de US$1,44, 14% superior à média do ano passado.

Tal crescimento indica uma inversão na “corrida para o fundo” que fez o preço médio cair 18% em 2010 e pode ter sido provocado pela disponibilidade de apps para iPad, que normalmente são mais caros que os destinados a iPhones/iPods touch.

Ontem a App Store completou três anos desde sua abertura, e na semana passada a Apple comemorou os 15 bilhões de downloads acumulados desde 2008.

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários