Participação da Apple no varejo é cada vez mais significativa nos Estados Unidos

Apple Retail Store de Upper West Side

David Berman, um especialista em varejo, conversou com o USA Today sobre a dimensão que a Apple assumiu nesse ramo da economia: a Maçã não é apenas a maior empresa de tecnologia do mundo, ela também é uma das maiores varejistas!

Apple Retail Store de Upper West Side

Aliando vendas crescentes de iGadgets às margens de lucro sem igual da Maçã, a quantidade de dinheiro que passa por suas lojas representa “uma imensa fatia” do setor: só no primeiro trimestre do ano, as vendas cresceram US$4,6 bilhões, ou 80% em relação a 2010 e equivalente a 20% de todo o crescimento de varejistas abertas com ações na Bolsa de Valores nos EUA.

Microsoft Stores nos Estados Unidos

Enquanto isso, a Microsoft também quer brincar de varejo: Kevin Turner, COO da gigante de Redmond, anunciou durante uma apresentação na Worldwide Partners Conference que a companhia pretende acelerar a expansão de sua própria rede de lojas, abrindo 75 pontos nos próximos dois ou três anos, inclusive fora dos EUA. Será que uma Microsoft Store abre no Brasil antes de uma Apple Retail Store?

[via 9 to 5 Mac, Electronista]

Posts relacionados

Comentários