Surpresa de segunda-feira: Google anuncia aquisição da Motorola Mobility por US$12,5 bilhões

Motorola DROID (olho vermelho)

Até hoje, o Google tinha firmado parcerias diversas com fabricantes de telefones celulares para criar aparelhos com a sua marca, além de todos os que já licenciam o Android como sistema operacional. A partir de agora, o próprio Google será uma OEM: a gigante de Mountain View anunciou hoje a aquisição da Motorola Mobility por US$12,5 bilhões (63% a mais em cima do valor que as ações da Motorola fecharam na última sexta-feira). Na sua última publicação de resultados, o Google afirmou que tinha US$39 bilhões em caixa.

Motorola DROID (olho vermelho)

Pela primeira vez desde que entrou no segmento de smartphones, o Google conseguirá criar um modo verticalizado semelhante ao da Apple — controlando o hardware, o sistema operacional e o software. Isso o ajudará competir mais diretamente com a Maçã, mas eu me pergunto o que as agora também concorrentes como HTC, Samsung, LG e outras estão pensando disso. O Google publicou algumas citações de executivos, mas algo me diz que elas não são 100% sinceras. 😉

Como sempre muito cauteloso, o Google afirma que a compra da Motorola ajudará a “bombar o Android, aumentar a competição e oferecer ótimas experiências de usuários”. Evidentemente, um acordo dessa magnitude ainda terá que passar por aprovações regulamentares, mas eu não vejo muitos empecilhos para o Google receber luz verde das autoridades — algo que deve acontecerá até o final deste ano, ou mais tardar início de 2012. A Motorola Mobility continuará como uma divisão separada e independente, dentro da companhia.

Com essa aquisição, o Google abocanha também mais de 17 mil patentes (além de outros 7.500 pedidos de patentes) da Motorola — o que já fez as ações da InterDigital despencarem nesta manhã, frente à possibilidade de ele se desinteressar pelo portfólio dela. Quem sabe, assim, a Apple nem precisa “coçar tanto os bolsos” para levar o pacote para casa — isso se houver de fato interesse por parte dela.

Outra consequência curiosa dessa aquisição é que o Google e a Apple estarão agora frente a frente em uma série de processos correndo na justiça, inclusive na International Trade Commission (ITC) dos Estados Unidos. A briga será boa.

[obrigado a todos que nos enviaram esta dica!]

Posts relacionados

Comentários