Khronos Group apresenta versão 4.2 do padrão OpenGL

Eles diminuíram um pouco o ritmo de atualizações, mas não quer dizer que deixaram de trabalhar. Um ano após a chegada da versão 4.1, o Khronos Group liberou a especificação 4.2 do OpenGL, trazendo os últimos avanços gráficos (2D e 3D) para a sua API.

A nova versão levou em conta os diversos feedbacks de desenvolvedores e, apesar dos avanços, continua mantendo retrocompatibilidade com as versões anteriores, permitindo o incremento das novas funcionalidades.

A especificação 4.2 foi definida pelo grupo de trabalho OpenGL ARB (Architecture Review Board) e inclui a atualização GLSL 4.20 para o OpenGL Shading Language. Além disso, contém funcionalidades que estendem as já existentes para desenvolvedores, permitindo ganhos de performance em aplicações — a lista contendo todas as novidades pode ser vista no site do grupo.

“O OpenGL 4.2 implementou os diversos feedbacks dos desenvolvedores que estão entregando aplicativos e jogos baseados em OpenGL, trazendo uma API mais rápida e capaz, que vai continuar evoluindo de acordo com a necessidade do mercado”, disse Barthold Lichtenbelt, chefe do grupo de trabalho OpenGL ARB e diretor da NVIDIA (gráficos Tegra). “Assim como nos lançamentos anteriores do OpenGL, a NVIDIA está comprometida em entregar as implementações o mais rápido possível. Na verdade a NVIDIA já começou a produção dos drivers com o OpenGL 4.2, permitindo aos desenvolvedores a implementação imediata destas funcionalidades nas GPUs da empresa.”

“A AMD planeja lançar os drivers OpenGL 4.2 beta juntamente com a publicação da especificação”, disse Ben Bar-Haim, vice-presidente corporativo da AMD. “A AMD apoia fortemente os padrões abertos da indústria e felicita o Khronos Group no sucesso pela rápida evolução do OpenGL e seus outros padrões abertos que possibilitam experiências computacionais brilhantes.” Esta evidentemente nos interessa muito mais, já que são os chipsets gráficos dela que equipam boa parte dos Macs atuais.

Posts relacionados

Comentários