Executivos de outras empresas comentam a renúncia de Steve Jobs ao posto de CEO da Apple [atualizado 2x]

Logo da Apple

Logo da AppleIndependentemente da reação do mercado financeiro à renúncia de Steve Jobs ao posto de CEO da Apple — papéis de empresas como Nokia, HTC, Sony e Samsung estão subindo enquanto os da Apple estão em leve baixa —, alguns executivos da indústria teceram comentários sobre Jobs e sua importância para a indústria como um todo.

Publicidade

Confira algumas das declarações:

  • Howard Stringer, CEO da Sony: “Eu acho que o brilhantismo dele já está muito bem documentado, mas o que pode ter sido esquecido é a bravura com que ele confronta sua doença. Para ele, alcançar esse sucesso todo nessas circunstâncias dobra o seu legado.”
  • Stephen Elop, CEO da Nokia: “Steve Jobs é um visionário na indústria da computação. Esperamos que ele e sua equipe deixem um impacto positivo na nossa indústria por muitos anos.”
  • Xie Daxiong, vice-presidente executivo da ZTE Corp.: “Somos muito gratos a Steve Jobs pela sua contribuição na indústria de smartphones e mobile. Com um espírito inovador, pretendemos desempenhar um papel mais ativo em comunicações, terminais inteligentes e transmissões mobile, construindo valores para nossos consumidores ao redor do mundo.”

Até a Foxconn, parceira de longa data da Apple que não costuma fazer comentários sobre a empresa, falou sobre a saída de Jobs e sobre o relacionamento com a Maçã: “Desejamos que Steve Jobs melhore. Achamos que Tim Cook demonstrou que é capaz durante a licença de Jobs e esperamos que a empresa continue com o bom desempenho no futuro. Temos uma relação muito próxima com Cook e esperamos estreitá-la ainda mais no futuro.”

Já os executivos da Samsung e HTC preferiram não comentar o assunto — provavelmente devido aos problemas judiciais entre as companhias.

Publicidade

[via 9to5Mac]

Atualização por Halex Pereira

Paul Allen, cofundador da Microsoft e patent troll extraordinaire [1, 2, 3, 4], também acrescentou seus dois centavos, mas na forma de um tweet:

Publicidade

[blackbirdpie id=”106531289691201536″]

“Desejo a Steve o melhor em sua luta com desafios de saúde. Ele é um dos maiores inovadores em nossa indústria”, escreveu Allen.

[via Wall Street Journal]

Publicidade

Atualização II

Agora foi a vez de Eric Schmidt, presidente executivo do Google e ex-membro do quadro de diretores da Apple, comentar a renúncia.

Apesar das desavenças — Jobs chegou a manter o iPad longe de Schmidt e, segundo Jim Goldman, da CNBC, o ex-CEO da Maçã não morria de amores pelo ex-CEO do Google —, Schmidt não poupou elogios a Jobs: “Ele foi o CEO mais bem sucedido dos últimos 25 anos. Combinou o toque de um artista com a visão de um engenheiro, construindo uma companhia extraordinária, sendo um dos maiores líderes americanos da história.”

Mike McCue, CEO do Flipboard, também deixou seu registro: “Hoje eu sou empresário por causa de Steve Jobs. O sentido de coragem, a pureza e simplicidade de visão são absolutamente inspiradores”, disse McCue. “Apenas quatro anos atrás, ninguém no mundo pensou em baixar apps para o telefone.” Ele ainda acrescentou: “Se você andar por qualquer cafeteria do Vale do Silício, verá três ou quatro pessoas criando aplicativos para a App Store, podendo viver disso, fazendo por conta própria. É muito impressionante.”

[via Wall Street Journal]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…