Homens envolvidos no caso do protótipo de iPhone 4 “achado” num bar alegam inocência

iPhone perdido no bar

iPhone perdido no barE, por falar em material secreto da Apple, o caso do protótipo de iPhone 4 “achado” em um bar pode ter acabado em pizza para o pessoal do Gizmodo (pelo menos na esfera criminal, já na cível…), mas as coisas não estão correndo tão bem para os homens que primeiro puseram as mãos nesse gadget infame.

Publicidade

Segundo conta a CNET News, Brian Hogan e Robert Sage Wallower alegaram inocência nas acusações de roubo e posse de propriedade roubada. O juiz responsável pelo processo contra os dois acusados marcou uma audiência preliminar para 11 de outubro e o julgamento definitivo para 28 de novembro.

Vale ressaltar que este é o caso do protótipo perdido em 2010 — por enquanto, o protótipo perdido em 2011 continua sumido e sem nenhuma suspeita quanto a seu paradeiro. Daqui a pouco ninguém mais vai querer saber a data de lançamento de novos iPhones, mas sim o nome do bar onde os protótipos serão perdidos. 😛

[via 9to5Mac]

Publicidade

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…