Openwave tem boas chances de dobrar a Apple nos tribunais; WiLAN está de volta

O processo aberto pela Openwave Systems contra a Apple e a Research In Motion (RIM) aparenta não estar nada bem para a gigante de Cupertino: segundo o AllThingsD, especialistas em propriedade intelectual afirmam que o portfólio de patentes da companhia litigante é pequeno, mas poderoso.

Logo da Openwave

Contudo, é bem provável que o objetivo da Openwave não seja levar os processos abertos na International Trade Commission e em uma corte federal de Delaware até o fim, mas apenas usá-lo como motivação para firmar acordos de licenciamento das patentes questionadas. No fim das contas, é capaz de nem mesmo uma injunção da ITC ser expedida.

·   •   ·

Enquanto isso, uma empresa quer voltar pra brincadeira de levar patentes pra justiça: conforme nota o MacRumors, a canadense WiLAN abriu um processo contra a Maçã e mais oito companhias por causa de dois inventos relacionados às tecnologias CDMA, HSPA, Wi-Fi e LTE. Os leitores que tiverem memória de elefante deverão reconhecer esse nome, porém: em abril do ano passado, a mesma WiLAN abriu um processo contra 25 empresas, a Apple entre elas, por causa de patentes relacionadas a Bluetooth.

A esta altura, já dá pra considerar que a WiLAN desistiu de produzir coisas e agora só quer lucrar em cima da propriedade intelectual que possui. Ou seja, ela está a um passo de entrar para o seleto clube dos patent trolls.

Posts relacionados

Comentários