Bandeira branca: com o anúncio do Flash Media Server 4.5, Adobe reconhece que o iOS venceu

Logo da Apple e ícone do Adobe Flash Player

A Adobe anunciou ontem a chegada do Flash Media Server 4.5, o que pode parecer apenas mais uma atualização de produto, porém na verdade essa foi uma espécie de carta de rendição, uma admissão “É, Apple, você venceu!” Por quê? Bem, basta saber que uma das novas funcionalidades é a possibilidade de apresentar conteúdo em vídeo compatível tanto com Androids dotados do Flash Player quanto com iGadgets.

Pense nisso: é mais um prego no tampo do caixão do Flash!

Logo da Apple e ícone do Adobe Flash Player

O que o novo Flash Media Server vai fazer é implementar HTTP Dynamic Streaming ou HTTP Live Streaming para permitir que iPads, iPhones e iPods touch sejam capazes de acessar conteúdo que normalmente seria disponível apenas em Flash. Em outras palavras, a Adobe decidiu que gritar “Pare de chover!” não adianta de nada e resolveu ir atrás de um guarda-chuva.

É um sinal dos tempos, sem dúvida: o mercado está reconhecendo a importância de tecnologias móveis e deixando par trás a bagagem que era viável no desktop (que tem energia virtualmente ilimitada e capacidade de processamento superior) em prol de novas saídas, muito mais modernas e eficientes — pois nem no mais robusto dos Androids o Flash Player roda que preste.

O próximo passo é trazer esse tipo de avanço de volta ao PC, e, quando isso acontecer, é bom que a Adobe esteja pronta para criar ferramentas adequadas em vez de apenas se lamuriar pelo tempo que passou.

[via GigaOM]

Posts relacionados

Comentários