Presidente da Nintendo deixa claro que sua empresa não considera a possibilidade de desenvolver games mobile

Satoru Iwata, presidente da Nintendo, com controle do Wii

A pressão de investidores, pelo jeito, não vai dar é em nada: o presidente da Nintendo, Satoru Iwata, reafirmou ontem em uma entrevista que não há possibilidade de ela desenvolver games mobile.

Satoru Iwata, presidente da Nintendo, com controle do Wii

Eis o que ele disse, quando indagado sobre a questão:

Isso absolutamente não está sendo considerado. Se nós fizéssemos isso, a Nintendo deixaria de ser a Nintendo. Ter um time interno de desenvolvimento de hardwares é uma grande força. É o papel da gerência fazer uso dessas forças. Seria provavelmente a decisão correta no sentido que, no momento em que começássemos a lançar jogos em smartphones, lucraríamos. Todavia, eu acho que minha responsabilidade não é em lucros a curto prazo, mas na força competitiva da Nintendo a médio e longo prazo.

Para mim, ele está certo. A própria Apple só desenvolve alguns poucos softwares para outras plataformas — Windows, basicamente: QuickTime, iTunes, Safari… — para atrair usuários para a sua, nada além disso. Ela nunca licenciaria o iOS ou o Mac OS X para outras fabricantes, por exemplo.

[via IGN]

Posts relacionados

Comentários