Processadores Ivy Bridge suportarão telas com resolução de até 4K; Macs com Retina Display à vista?

Ivy Bridge — Suporte a resolução de 4K

A tela Retina foi uma das principais novidades do iPhone 4 — eleita inclusive por vocês, leitores, como a melhor novidade do smartphone da Apple na época de seu lançamento. Infelizmente, somente o iPhone e o iPod touch tiram proveito dessa belezura de resolução — rumores dão conta de um iPad 3 com tela Retina, já os Macs… bem, é certo que eles ganharão o suporte, mas a pergunta é quando.

Publicidade

Ivy Bridge — Suporte a resolução de 4K

Se depender da Intel, a Apple poderá lançar Macs dotados de telas Retina já em 2012, juntamente aos processadores Ivy Bridge. Isso porque, além de ganhos de performance de 60%, melhorias no que diz respeito a gráficos e suporte a OpenCL, os novos processadores da Chipzilla suportarão resoluções de até 4096×4096 pixels, pavimentando assim o caminho para possíveis Macs equipados com Retina Displays.

De acordo com o VR-Zone, os processadores ainda contarão com a engenharia MFX (Multi Format Codec), capaz de rodar múltiplos vídeos de altíssima resolução (4K) simultaneamente — além de lidar com processamento de vídeo no formato 4K QuadHD, padrão este que o YouTube começou a apoiar desde o ano passado.

Publicidade

Tente ver este vídeo na resolução máxima (original) para ver o que acontece…

Agora, façamos um pouco de conta: levando em consideração a tela 16:9 — atualmente usada no Apple Thunderbold Display, nos iMacs e nos MacBooks Air —, se a empresa lançar uma tela com resolução 4K, isto resultaria em um total de 4096×2304 pixels.

Publicidade

Wallpaper info — OS X LionUma tela de 27 polegadas com 4K de resolução teria uma densidade de 174 pixels por polegada. Mesmo não chegando perto da densidade do iPhone 4 — que é de 326 pixels por polegada — se assumirmos uma distância mínima de trabalho de 24 polegadas (60 centímetros) e uma visão para cálculos de 20/20, podemos dizer que o iMac e o Thunderbold Display teriam sim telas Retina.

Claro que isso envolve não só o suporte dos processadores da Intel, mas também um preço de produção adequado dessas telas, além de outro fatores como por exemplo o aumento da resolução de máquinas sem dar o devido suporte a software — os elementos da interface acabam diminuindo e podem ultrapassar uma barreira do que é agradável para a maioria dos usuários.

Mas com toda certeza a Apple sabe disso e está trabalhando para aparar essas arestas antes de colocar um Mac com tela Retina no mercado. Indícios para isso não faltam, pois os wallpapers do OS X Lion suportam uma resolução de 3200×2000 pixels, a qual nunca fora vista em nenhum Mac. Até mesmo o controverso Final Cut Pro X já suporta resoluções de 4K.

Publicidade

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…